artigo_170810

10 ago 2017

A memória e a novela da vida

A memória tem sido fundamental e indispensável para a continuidade e desenvolvimento do homem e suas gerações no planeta. De tudo tem sido feito para conservá-la e protegê-la de um possível desaparecimento, editando-se livros e publicações, escritas ou eletrônicas, além de reprodução de cópias do já existente.

A gravação na memória consciente requer que o vivido tenha sido feito ou ocorrido de forma intensa, para que as imagens passem para consciência. Pode-se experimentar a sensação de permanência nas recordações de fatos de quando éramos crianças ou de passagens que marcaram a trajetória da vida, agradáveis ou não, e que podem ser recordados com relativa facilidade. Experimenta-se também esta sensação, quando se aprofunda, por exemplo, no estudo e prática dos temas de uma profissão.

Neste caso, cultiva-se uma consciência voltada para o bom desempenho de tais atividades. Esta consciência é constituída pelos “pensamentos conhecimentos” assim denominados pela Logosofia, juntamente com o que se extrai de experiências e da prática, e que sustentam uma técnica ou arte.

As novelas escritas para a televisão são escritas em capítulos e quem os assiste, aguarda com expectativa o próximo tendo em vista dar continuidade ao que se passou no anterior. No final da novela tem-se a trajetória da vida ou destino de um personagem. O futuro é escrito pelo autor e a platéia o une ao passado.

A vida poderia ser comparada a uma novela em que cada um escreve a própria história.

O processo de evolução consciente oferece algo semelhante. Tem por roteiro e destino o aperfeiçoamento integral do ser humano. A recordação do vivido possibilita a união dos capítulos, do passado e do futuro, no presente. Com base no passado planeja-se um novo capítulo, o futuro, e o constrói no presente.

Sendo assim, na memória pode se armazenar o físico e o espiritual, ambos os conteúdos importantes para a existência e que se diferem por seus valores; os de ordem física, perecíveis, porque aqui ficam como tudo o que é físico, e os de ordem transcendente, eternos, responsáveis pela evolução, por uma vida melhor e um amplo destino para o homem.

“A memória física é fictícia e falha continuamente. A consciência dos fatos fixa as imagens e a recordação é perene.” – Da Sabedoria Logosófica

 


Quer conhecer mais sobre a Logosofia e seu método original? Então se inscreva em um de nossos cursos de informação.